Leonardo de Aranha Haupt

“O Projeto Montaneus – vinhos artesanais de vinificação natural, surge com a missão de renascimento e renovação. Após 30 anos de experiência em cultivo de uvas, buscamos o desafio de produzir vinhos naturais. Esse método proporciona ao degustador uma nova experiência de ELEVAÇÃO dos sentidos.

Os vinhos Montaneus além de trazer em seus rótulos imagens que remetem aos locais por onde já nos aventuramos, irão contar histórias fazendo sempre uma analogia às características do vinho, valorizando regiões do Brasil pouco conhecidas, tendo como elementos a fauna e flora ilustradas nos rótulos. Essa é mais uma aventura, cheia de etapas a serem conquistadas, mas repleta de paisagens lindas e um horizonte a se perder de vista!

Esses vinhos são nossa história de vida. Cada elemento de sua apresentação foi pensado para narrar um pouquinho dessa trajetória… como por exemplo, nosso logo com a borda do Pico Paraná, ponto mais alto da região sul do país, e responsável pelo nosso encontro (Léo e Gabi). A araucária e o pôr-do-sol, elementos marcantes da Cabana onde vivemos e produzimos os vinhos, que agora queremos compartilhar com vocês.

Sobre o vinhateiro

Enólogo com ampla experiência em empresa multinacional, tendo participação na elaboração, com técnicas de assemblage e degustação de espumantes. Sua principal atuação durante sua trajetória profissional foi na área de viticultura, supervisionando e gerenciando todas etapas do cultivo de vinhedos na Serra Gaúcha.

Trabalhou como supervisor agrícola, de enologia e viticultura na empresa Moêt Hennessy do Brasil – Chandon, no período de 1991 a 2013. Neste período, atuou na supervisão com participação na elaboração, assemblage e degustação de espumantes, supervisão em todas etapas do cultivo de vinhedos próprios na Serra Gaúcha, com ênfase na produção de variedades como Pinot Noir, Chardonnay e Riesling Itálico em espaldeira, bem como supervisão e prática em todas as etapas no cultivo de videiras, em sistema latada, lira e espaldeira, manutenção de maquinários, totalizando 53 hectares.

Em 2019 começou a realizar experiências de vinificação natural, e então em 2020, Léo e Gabi começaram sua produção própria de vinhos naturais. Além de viticultor e enólogo, é um aventureiro de corpo e alma. Montanhista, tracker e corredor de aventura, consorcia suas grandes paixões no projeto dos Vinhos Montaneus. O vinho e a montanha! Dentre suas experiências, estão a ascensão a montanha Aconcágua (2 vezes), a travessia da maior praia do mundo (3 vezes), subida aos maiores picos do Brasil, e corridas de
montanha como La Misión (Argentina).”

Escrito por Montaneus Leonardo de Aranha Haupt

 

  • Agricultura: convencional
  • Vinhedos próprios: não
  • Qtd. de garrafas produzidas: 190 garrafas
  • Vinificação: natural com adição de S02

Vivian Vitorelli & Sara Valar

“O projeto Casa Viccas nasceu da paixão pelo vinho das sócias Sara e Vivian. No ano de 2019 fizeram as primeiras vinificações.
As produções de vinhos brancos macerados, tintos e pet nats são em pequenas quantidades, com leveduras indígenas, sem filtragem e sem adição de produtos enológicos.”

Escrito por Vivian Vitorelli & Sara Valar

 

  • Agricultura: convencional
  • Vinhedos próprios: não
  • Qtd. de garrafas produzidas: 400 garrafas
  • Vinificação: natural