Queijo Maria Nunes

“O Queijo Maria Nunes é produzido com Leite Cru de Vacas de Sangue mais Rústicos, de pouco leite, algumas vacas Jersey…recebem pouco trato, se alimentando principalmente de Capim braquiária, são criadas a pasto e criam seus bezerros que também são criados soltos e se alimentam delas todos os dias. O bem estar animal e a preocupação com cada uma delas todos os dias são prioridade. Um animal saudável e feliz é o principal ingrediente para qualquer produto de qualidade que venha de origem animal. Aqui elas são nossas Rainhas e seus bezerrinhos são uma das nossas maiores Riquezas, eles tem o período de convivência com as mães todos os dias.

O Queijo é feito com muito amor e carinho. Tiramos dele nosso sustento e o sustento de outras famílias. Vivemos a base da Agricultura Familiar.

O Queijo é produzido e Maturado na Fazenda. Logo depois da tirada do leite, bem cedo, ele é encaminhado ao Quarto de Queijo e começa a ser produzido. Leite cru, pingo, coalho, sal e amor. Um modo de fazer tão simples mais cheio de tradição e valores. Aqui

ele é feito como há 300 ano, do mesmo jeitinho. Sai da Forma de Queijo depois do terceiro dia e vai para a Madeira, no ambiente de Maturação, com controle de temperatura e umidade(alta, acima de 85%)

O cuidado com ele é diário, ele é lavado por dias, ralado, lixado, escovado e claro, amado, muito amado… Técnicas de Maturação aprendidas com cursos de capacitação e com a experiência dia a dia são aplicadas para que possamos chegar no que temos hoje como nosso Produto.
Trabalhamos com ele para as vendas a partir de 17 dias de maturação.

Os principais detalhes que influenciam no Terruá do Queijo Maria Nunes são: Clima, Relevo, Vegetação, Altitude(Região da Serra do Espinhaço), Água e Solo da Região, temos muitas Montanhas, Cachoeiras e uma natureza diversa e rica, que favorecem a presença de bactérias que interferem em seu sabor. O tipo de Gado, sua Rusticidade, sua alimentação, Manejo, também influenciam além do toque mais que especial que é o amor e a luta como tudo é conquistado.”

Escrito pela equipe Maria Nunes

Queijo Ferreira Campos

Chico Severino Queijos

“Somos uma queijaria artesanal especializada em queijos mineiros produzidos a partir de leite cru oriundos de rebanhos bovinos, caprinos e ovinos. Oferecemos queijos com Indicação Geográfica de Procedência, premiados nacionalmente e internacionalmente, das regiões queijeiras mais tradicionais de Minas Gerais e outros queijos artesanais do estado produzidos fora desse circuito, sempre prezando por selecionar pequenas propriedades familiares e que adotem as boas práticas de produção.

Respeito e parceria com os produtores, comprometimento com a tradição do Queijo Minas Artesanal (QMA), ética, profissionalismo e informação para proporcionar aos nossos clientes experiências gastronômicas autênticas da cultura mineira, são o nosso compromisso.”

Escrito pela equipe Chico Severino Queijos

Café Jetiboca

“Café do Brasil, de Minas Gerais, das Matas de Minas, de Orizânia. Saber nossa origem é entender a nossa identidade. O Café Jetiboca é o resultado de uma história que começou há 3 gerações, com o meu bisavô, Luís Lourenço de Lima e hoje está em nossas mãos. As minhas, Rafael, do meu irmão, Fábio, e do nosso pai, Bruno. Somos um empreendimento pequeno e familiar e queremos permanecer assim, na fazenda, na torrefação e na cafeteria. Assim podemos focar no que nos importa mais, no cuidado com os produtos que fazemos e principalmente com as pessoas ao nosso redor. Começando com a Família Cruz lá na fazenda, que está com a gente por 24 anos, cuidando como ninguém das lavouras e do beneficiamento de nossos cafés.

O cheiro das sacas, as cafeteiras, os moedores. Quem já vivenciou o interior mineiro certamente sabe. Tudo o que nós fazemos por aqui é pensado para nos lembrar o quão especial é a nossa terra e o nosso café. Minas é o estado que mais produz café no Brasil. E o Brasil, o país que mais produz café no mundo. Isso quer dizer, que não há outro pedaço do mundo onde se planta mais essa planta do que aqui. Essa bebida é parte da nossa gente. E não só ela, tudo o que vem ao seu redor: as máquinas, os utensílios e os processos que usamos ao longo da nossa história com esse tal de cafezinho. Esperamos que gostem.”

Escrito pela equipe Café Jetiboca

Paulo Bittar

“A Fazenda Serra Boa Vista está localizada numa ramificação da Serra da Mantiqueira, distante 7 km da Vila do Manejo, município de Lima Duarte MG.

Realiza produção biológica de diversos itens alimentícios e fitoterápicos em sistemas ecologicamente planejados desde 1983. É cadastrada como área de soltura e reintrodução de espécies recuperadas de maus tratos pelo IBAMA/CETAS IEF. Possui cerca de 52% de matas nativas, o que muito contribui para a fazenda ser fornecedora de água de nascente para a população de aprox. 1200 pessoas (ano de 2020) na Vila do Manejo, distante 7km da Serra.

Desde 2001, a BV trabalha pela garantia participativa de seus produtos agroecológicos junto a Rede Ecológica do Rio de Janeiro, a Rede Terra Viva de Belo Horizonte e a Associação MOGICO de Juiz de Fora, entidades que são parceiras na ampliação da educação e distribuição de alimentos orgânicos no Brasil.”

Escrito pela equipe Fazenda Serra Boa Vista

Daniela e Marcio Guilhen

“A Cachaça Excelência fica localizada Em Passa Quatro – MG a 260Km do Rio de Janeiro e a 250Km de São Paulo nosso Alambique tem um localização Estratégica para atender esses importantes mercados e fácil acesso aos Portos do Rio de Janeiro e Santos, como o histórico desse empreendimento foi exportador, pretendemos buscar os mercados internos e externos para essa bebida Brasileira.

Fazemos nossas Cachaças a partir de leveduras Selvagens, multiplicadas em nossas instalações, mantendo a tradição de Qualidade em Cachaças Mineiras.

Utilizamos somente o Coração da Destilação na elaboração e envase de nossas Cachaças de Alambique Excelência e na confecção de nossos licores, mantendo assim um alto padrão de qualidade.”

Escrito pela equipe Cachaçaria Excelência

Delmar Benelli

“São grãos de café orgânico especial, peneira 16 acima, variedade catuaí vermelho, produzidos em terras a 1.300 metros de altitudes, em Caldas, no Sul de Minas Gerais, pelo produtor Delmar Benelli que realiza manejo sem qualquer adição química e de maneira artesanal. A secagem dos grãos ocorre em terreiros suspensos e terreiro de cimento.

As torras são sempre frescas, buscando evidenciar as características e qualidade dos grãos, através de notas sensoriais e finalização com sabor marcante.”

Escrito por Delmar Benelli