Antoine Marois

“Antoine ( @domaineantoinemarois ) produz sidras faz cerca de 5 anos em Cambremer, em uma propriedade antiga que ele herdou da família.

A primeira vez que ouvimos falar dele foi lá na La Cidrerie e depois todos os produtores de sidra e poiré que fomos passando no caminho diziam a mesma coisa: “vocês tem que conhecer o Antoine”. Dito e feito, fomos conhecer o Antoine, e obviamente, ficamos encantados com o trabalho dele.

É até difícil falar sobre as sidras pois todas elas são muito diferentes entre si e igualmente maravilhosas. Mais secas, menos secas, parcelares ( de uma parcela só de macieiras ), além de curiosidades como o “vinho” de maçãs ( sidra sem borbulhas ) e a cidre de glace, uma sidra doce feita com maçãs congeladas. As cuveés parcelares são cada uma de um pedacinho diferente do pomar, e a idéia é justamente mostrar as diferentes características do terroir.

Chegamos no auge do trampo, pós colheita, e Antoine estava macerando as maçãs, depois de processá-las, aguardando a hora de prensar.

As macieiras, de variedades como Fréquin Rouge, Mettais, Saint Aubin, Binet Rouge, Domaine, Rambeau, são todas cultivadas em manejo ecológico, e as sidras elaboradas sem aditivos, apenas um pouco de SO2 quando necessário.

Aliás, essa região da Normandia é uma das mais “famosas” no tema sidra – fica dentro do departamento de Calvados e a denominação local é a “Pays D’Auge”, sendo ponto de partida da “rota da sidra” e sede de alguns festivais de comida e bebida relacionadas à denominação de origem.”

Escrito por Lis Cereja