Nika Bakhia Kvevri Wine

“Um dos vinhateiros bastante conhecidos e reconhecidos do movimento natureba georgiano e um dos fundadores de um dos bares mais legais de vinho da capital, Tbilisi, o @vinounderground . Foi lá, inclusive, que provei os vinhos dele pela primeira vez, em 2019, em uma das minhas viagens pra lá ( quem acompanhou sabe que eu surtei tanto com o país que voltei duas vezes em um ano, e olha que a viagem não é curtinha não 😅 ).

Ele fica na região de Khaketi, famosa pelos vinhos de maceração longuíssima em ânforas, com aproximadamente 9 meses em contato com as cascas. As uvas mais utilizadas por lá são a Rkatsiteli, para os brancos, e a Saperavi para os tintos.”

Escrito por Lis Cereja

Micael Eckert e Diego Cartier

Vivente nasceu da amizade entre amigos apaixonados pelo que fazem e com personalidades diferentes que se uniram para produzir vinhos de verdade, com alma, sem seguir tendências e sempre respeitando a natureza, o tempo e as vivências envolvidos na agricultura e vinificação. Produzimos vinhos vivos, nada além de uvas fermentadas espontaneamente por leveduras selvagens.
Iniciamos a vinícola e o vinhedo próprio com uvas de agricultura biodinâmica em 2018. No nosso terreno também cultivamos outras frutas como amoras, framboesas, mirtilos e temos nossa horta para consumo próprio. Tudo natural e saudável, sem adição de agrotóxicos. Estamos na Linha Ano Bom Alto, município de Colinas, no alto de uma montanha entre a serra e o vale. Um lugar único, no meio da natureza, a cerca de 500m de altitude, próximo de Garibaldi e Teutônia.

 

✔️Região: Colinas, RS

✔️Uvas: Chardonnay, Pinot Noir, Cabernet Franc, Sauvignon Blanc, Barbera, Moscato Antigo, Glera

✔️As Uvas são próprias OU compradas OU os dois?

Compradas dos nossos parceiros.
As nossas colhemos esse ano e fizemos os primeiros testes, mas ainda levará um tempo para vinificarmos e lançarmos oficialmente.

✔️Caso seja uva comprada, de onde vem? Nome do produtor? Região e manejo dessa uva?

A maioria da Família Varaschin, Campos de Cima da Serra, Agricultura Biodinâmica.

Também compramos da Família De Lucca, Serra das Encantadas, Agricultura Orgânica.

E Família Sozo, Campos de Cima da Serra, Agricultura Sustentável.

As nossas uvas seguem agricultura biodinâmica. Lara Silvestrin está fazendo consultoria e certificando para nós e Varaschin.

 

✔️A Agricultura é orgânica OU biodinâmica OU convencional? Ou em conversão?

Respondida na pergunta anterior. Não ligamos para certificações, mas logo sairão os selos para nós e Varaschin.

✔️Quantos garrafas produzidas?

Cerca de 17 a 20 mil

✔️As Leveduras são indígenas OU selecionadas?

Somente leveduras selvagens

✔️Se faz chaptalização, qual tipo de açúcar é usado?

Não fazemos

✔️Se levam sulfito, em que momento, como e quantidade total?

95% dos vinhos não tem sulfito adicionado e nas exceções que usamos foram na chegada das uvas quando as mesmas chegaram com problemas ou antes de envasar e sempre em doses homeopáticas e abaixo de 20g/l.

✔️Se são filtrados, qual o processo:

Não filtramos

✔️Qual o processo de estabilização:

Trasfega

Sebastijan Štemberger

The Štemberger family respectfully nurtures the venerable tradition of the old Turk farmhouse in Šepulje. Since time immemorial, the people of this large Karst farm have written significant pages in the story of winemaking on the Karst plateau, as also evidenced by the region’s oldest grapevine, growing on its trellis behind the farmhouse. Already more than 300 years old, this vine is present in the thoughts of the Štembergers as they tend their own vineyards in harmony with nature, something demonstrated by the organic certification awarded to their wines.

A família Štemberger nutre com respeito a venerável tradição da antiga casa de fazenda turca em Šepulje. Desde tempos imemoriais, as pessoas desta grande fazenda Karst escreveram páginas significativas na história da produção de vinho no planalto Karst, como também evidenciado pela videira mais antiga da região, crescendo em sua treliça atrás da casa da fazenda. Com mais de 300 anos, esta vinha está presente no pensamento dos Štembergers enquanto cuidam das suas vinhas em harmonia com a natureza, o que demonstra a certificação biológica atribuída aos seus vinhos.

Cristobal Barrios

Vinos de gran nivel, donde el protagonismo de la uva entrega una delicadeza y complejidad de sabores propio de sus valles. Encontrarás la perfecta complejidad y sofisticación de un vino de alto estándar. Su personalidad revoltosa, orgullosa y elegante, siempre dichosa.

Vinhos de alto nível, onde o destaque da uva entrega uma delicadeza e complexidade de sabores típicos dos seus vales. Você encontrará a perfeita complexidade e sofisticação de um vinho de alto padrão. Sua personalidade rebelde, orgulhosa e elegante, sempre feliz.

Flua

Weingut Bianka & Daniel Schmitt

Importadora: Dominio Cassis

Outrovinho | Pedro Cupertino, Paola Wink e Davi Pretto

A Outrovinho é uma microvinícola gaúcha fundada em 2019 por Davi Pretto, Paola Wink e Pedro Cupertino. Com o interesse comum pelo universo do vinho natural, os três amigos se reuniram para fazer vinhos de mínima intervenção, ou seja, sem a adição de químicos e sem leveduras selecionadas. Dessa forma, através de leveduras selvagens, os vinhos são vinificados naturalmente com mínima interferência humana. São utilizados métodos que buscam explorar as potencialidades e singularidades das uvas, sem adição de produtos sintéticos de aroma e sabor.

Todos os rótulos da marca são criados por artistas contemporâneos brasileiros, característica que visa a ressaltar a personalidade original e peculiar de cada um dos vinhos produzidos. Essa iniciativa propõe dar visibilidade e destaque a artistas brasileiros, em um movimento de coerência com a visão e a expertise profissional dos fundadores da vinícola. Aliando a produção artística à criação de vinhos naturais, a Outrovinho propõe uma experiência irreverente a quem deseja conhecer um vinho para além da tradição enófila.

 

✔️Região: Colinas – RS

✔️Uvas: Compradas. Cabernet Sauvignon, Pinot Noir, Traminer e Chardonnay.

✔️Uvas compradas de: as uvas Cabernet Sauvignon são provenientes da região da Campanha, mais especificamente, de Caçapava do Sul. São cultivados pelo casal De Lucca e utilizam manejo orgânico. O solo é calcário de xisto.

Traminer e Pinot Noir são da região de Campos de Cima da Serra, da cidade de Muitos Capões, perto de Vacaria. O manejo é de agricultura convencional. O solo é argiloso.

Chardonnay também é da região de Campos de Cima da Serra. O produtor Sozo cultiva o vinhedo com agricultura sustentável.

✔️Agricultura: a agricultura é orgânica no Cabernet Sauvignon. As demais uvas são de agricultura convencional e sustentável.

✔️Quantos garrafas produzidas? 3000.

✔️Vinificação: natural.

Leonardo de Aranha Haupt

“O Projeto Montaneus – vinhos artesanais de vinificação natural, surge com a missão de renascimento e renovação. Após 30 anos de experiência em cultivo de uvas, buscamos o desafio de produzir vinhos naturais. Esse método proporciona ao degustador uma nova experiência de ELEVAÇÃO dos sentidos.

Os vinhos Montaneus além de trazer em seus rótulos imagens que remetem aos locais por onde já nos aventuramos, irão contar histórias fazendo sempre uma analogia às características do vinho, valorizando regiões do Brasil pouco conhecidas, tendo como elementos a fauna e flora ilustradas nos rótulos. Essa é mais uma aventura, cheia de etapas a serem conquistadas, mas repleta de paisagens lindas e um horizonte a se perder de vista!

Esses vinhos são nossa história de vida. Cada elemento de sua apresentação foi pensado para narrar um pouquinho dessa trajetória… como por exemplo, nosso logo com a borda do Pico Paraná, ponto mais alto da região sul do país, e responsável pelo nosso encontro (Léo e Gabi). A araucária e o pôr-do-sol, elementos marcantes da Cabana onde vivemos e produzimos os vinhos, que agora queremos compartilhar com vocês.

Sobre o vinhateiro

Enólogo com ampla experiência em empresa multinacional, tendo participação na elaboração, com técnicas de assemblage e degustação de espumantes. Sua principal atuação durante sua trajetória profissional foi na área de viticultura, supervisionando e gerenciando todas etapas do cultivo de vinhedos na Serra Gaúcha.

Trabalhou como supervisor agrícola, de enologia e viticultura na empresa Moêt Hennessy do Brasil – Chandon, no período de 1991 a 2013. Neste período, atuou na supervisão com participação na elaboração, assemblage e degustação de espumantes, supervisão em todas etapas do cultivo de vinhedos próprios na Serra Gaúcha, com ênfase na produção de variedades como Pinot Noir, Chardonnay e Riesling Itálico em espaldeira, bem como supervisão e prática em todas as etapas no cultivo de videiras, em sistema latada, lira e espaldeira, manutenção de maquinários, totalizando 53 hectares.

Em 2019 começou a realizar experiências de vinificação natural, e então em 2020, Léo e Gabi começaram sua produção própria de vinhos naturais. Além de viticultor e enólogo, é um aventureiro de corpo e alma. Montanhista, tracker e corredor de aventura, consorcia suas grandes paixões no projeto dos Vinhos Montaneus. O vinho e a montanha! Dentre suas experiências, estão a ascensão a montanha Aconcágua (2 vezes), a travessia da maior praia do mundo (3 vezes), subida aos maiores picos do Brasil, e corridas de
montanha como La Misión (Argentina).”

Escrito por Montaneus Leonardo de Aranha Haupt

 

  • Agricultura: convencional
  • Vinhedos próprios: não
  • Qtd. de garrafas produzidas: 190 garrafas
  • Vinificação: natural com adição de S02

Vinícola Don Carlos

“Localizada no município de Santo Ângelo, na região noroeste do Rio Grande do Sul. É um projeto idealizado pelo viticultor Carlos Boff, o qual desde 1999 cultiva videiras.

A essência da Vinícola Don Carlos está fundada em um modo de vida sustentável e autêntico, e é por essa razão que focamos em produzir vinhos e espumantes naturais, potencializando o terroir missioneiro, com o uso mínimo possível de intervenção.

Os rótulos dos vinhos são uma verdadeira obra de arte e contam a história do povo missioneiro. O autor dessa ideia é o artistas plástico e arquiteto Antonio Warpechowski, a “Coleção Raízes Vivas” é de sua autoria.”

Escrito por produtores da Vinícola Don Carlos

Terra Guayi