Sake Terroir and Regionality Masterclass (John Gauntner)

Evento exibido em 10/03/2021
21 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Enrico Marques
1 ano atrás

What advises would you give to a newcomer in the sake world?

Anônimo
1 ano atrás

Do you believe that one of the reasons toji produces tokubetsu is to show its uniqueness from this terroir perspective?

MARCELO SHIRAISHI
1 ano atrás

Do you agree that the best way to recognize regionality is drinking lolcal futsushu?

Enrico Marques
1 ano atrás

How GI affects the sale of sake in japan and in the world as a whole??

Fabio Kenji Ota
1 ano atrás

Mas posso manter, se não cobriu.

Fabio Kenji Ota
1 ano atrás

Andréa, sua pergunta sobre yeasts acho que ele cobriu agora, ne?

Fabio Kenji Ota
1 ano atrás

Por aqui tudo ok, Mauricio. Voltou aí?

MAURICIO SUSSUMU WATANABE
1 ano atrás

congelou?

Andréa Rodrigues de Almeida Krejci Machado
1 ano atrás

John, does local yeasts, and/or local Toji guild inoculated yeasts takes a part on regionality?

Fabio Kenji Ota
1 ano atrás

Imagina, obrigado a você, Vitor!

Vitor Guilherme Coutinho de Barros Junior
1 ano atrás

Obrigado, Fábio!

Fabio Kenji Ota
1 ano atrás

Oi, Vitor, tudo bem? Fabio Ota da Megasake aqui. Isso mesmo, quando ele fala de convergence of ginjo style é exatamente a tendencia de que os ginjos sigam mais ou menos a mesma fórmula,. E se pareçam muito uns com os outros. Desculpe adiantar por aqui mas é que provavelmente não haverá tempo para todas as respostas, ok? Muito obrigado.

Andréa Rodrigues de Almeida Krejci Machado
1 ano atrás

Hi John! Do you see a movement of sake producers searching to increase the sense of regionality in Sake? What can we expect as Trend on this subject for upcoming years?

Vitor Guilherme Coutinho de Barros Junior
1 ano atrás

When you talk about convergence of ginjo style, does it mean that all ginjo sakes are similar?

Vitor Guilherme Coutinho de Barros Junior
1 ano atrás

Understanding that local food is in agreement with sake production, what would it be the best sake that would go with brazlian food? And american food?

OFELIA CAROLINA F E FONSECA
1 ano atrás

Ok legal. Obrigada.

Guilherme Nobre
1 ano atrás

O mestre, responsável pela produção

OFELIA CAROLINA F E FONSECA
1 ano atrás

O que é Toji?

Sergio Massahiro Matsuda
1 ano atrás

Which region of japan has the best terroir to sake?

OFELIA CAROLINA F E FONSECA
1 ano atrás

Cool

OFELIA CAROLINA F E FONSECA
1 ano atrás

Hello.Good Night

Uma Masterclass com o maior e mais conhecido educador global do saquê: o Mestre John Gauntner. E com um tema que irá atrair iniciantes e iniciados no saquê: muito se fala de regionalidade e terroir no mundo do vinho, mas como esses conceitos se aplicam ao saquê? Uma oportunidade única, seja pela estrela que é John Gauntner, seja pela temática interessantíssima. Imperdível!

John Gauntner (@johngauntner)

O maior educador de saquê global, com uma carreira de 27 anos e milhares de alunos ao redor do mundo. Respeitado por apreciadores, produtores, especialistas, associações e órgãos relacionados ao saquê, John é o único não japonês a possuir dois dos certificados governamentais mais exclusivos e difíceis de se obter: Sake Expert Assessor, do National Research Institute of Brewing, e Master of Sake Tasting, da Brewing Society of Japan.

Já rolou por aqui

Festival do Sake
Festival do Sake
13/03/2021 - 17h00
O Panorama Atual do Sake na Europa (Tony Yip)
Idioma: inglês
Festival do Sake
12/03/2021 - 20h00
Sakagura Tour in Yamagata (with Roberto Maxwell)
Idioma: inglês
Festival do Sake
Festival do Sake
Festival do Sake
Festival do Sake
Festival do Sake
Feira Virtual Naturebas Brazucas
Feira Virtual Naturebas Brazucas
Feira Virtual Naturebas Brazucas
29/11/2020 - 17h45
German Masera | Escala Humana Wines
Idioma: espanhol
Feira Virtual Naturebas Gringos
Feira Virtual Alimentos Artesanais
Feira Virtual Naturebas Gringos
Palestra/Conteúdo
Feira Virtual Naturebas Gringos
Feira Virtual Naturebas Gringos
29/11/2020 - 10h45
Jutta e Mimmo | Cantina Pantun
Idioma: italiano
Feira Virtual Naturebas Gringos