Feira Naturebas 2022

Data: 18 & 19.06.22

Horário: das 11h às 13h ( profissionais ) e das 13h à 18h ( público geral )

Valor do ingresso: 1 dia 185,00 | 2 dias 340,00

Local: Ocupação 9 de Julho, R. Álvaro de Carvalho, 427 – Bela Vista, São Paulo.

 

A Feira Naturebas vai para sua DÉCIMA edição esse ano. É a primeira – e ainda única – feira no Brasil especializada em vinhos naturais, orgânicos e biodinâmicos, pouco a pouco se tornando referência sobre o tema na América Latina.

Esse ano ainda faremos nosso evento dentro do bom senso e dos protocolos “pandêmicos”, com apenas  600 participantes por dia; esperando contudo, mais de 100 expositores de vinhos naturais e outras bebidas, cervejas selvagens, chocolates e queijos, azeites e charcutaria, fermentados, alimentação no geral e criados soltos gringos e brazucas.

A venda? Direta entre vocês e os produtores, como sempre. Continuaremos sem intermediar, sem porcentagem em cima do faturamento e não cobramos nada para os expositores participarem na feira. O espaço é livre para que os produtores vendam, exponham, conheçam os consumidores e conheçam novos importadores. 

O local:

Esse ano a Feira Naturebas será na Ocupação Nove de Julho. 

É o segundo ano que fazemos a feira lá. Motivo? Não dá pra falar em sustentabilidade, em novas formas de produção e consumo conscientes, sem falar também dos sistemas sociais e culturais envolvidos nisso tudo, ainda mais no momento atual ( embora muitos preferem fingir que nada acontece ), de tensões políticas, psicológicas e sanitárias. 

Nossa luta por comida e vinho de verdade, pela produção limpa, pela regularização dos pequenos produtores de vinho e de alimentos, nossas tentativas de mudanças legislativas, nossa busca por quebrar a cadeia de distribuição que causa desperdício, por devolver a dignidade ao homem do campo e a saúde aos nossos solos, promover melhores condições de vida para os agricultores e mais equilíbrio para o meio ambiente …. está na mesma esfera da luta urbana por dignidade e moradia .

E sim, plantar o seu próprio alface no quintal, dentro do sistema que vivemos hoje em dia, já é fazer política. Coincidentemente, conhecemos a Ocupação quando eles estavam implantando as hortas orgânicas e comunitárias por lá. 

Desde o ano passado, ao invés de pagarmos um aluguel, revertemos o dinheiro destinado ao “espaço de eventos”, completamente, para benfeitorias para os moradores da Ocupação 9 de Julho: reformamos os banheiros, os depósitos e a escada de acesso, além de cobrir a quadra poliesportiva ( que recebeu a doação, nada mais nada menos, do que a cobertura da Bienal para o projeto ) .

Pra quem não conhece, a Ocupação 9 de Julho é um prédio ocupado pelo MSTC – Movimento dos Sem Teto do Centro, em São Paulo, e tem como objetivo garantir o direito constitucional à moradia e uma reforma política e social que democratize o direito à cidade como um bem comum.

Embora muita gente não saiba, o movimento é formalizado, com CNPJ e prestações de contas em ordem, além de estatuto e regimento internos registrados em cartório e de conhecimento de os integrantes, e os imóveis ocupados pertencem ao limbo dos imóveis urbanos com dívidas gigantescas com o governo, totalmente inativos e abandonados. Como era o prédio da Ocupação 9 de Julho até recentemente: um fantasma inadimplente e sem vida. Hoje são centenas de famílias que moram ali e participam de todas as atividades relacionadas ao imóvel. 

O movimento garante aos moradores e às moradoras acesso a educação, cultura, formação cidadã, ambiental e esportiva, buscando a conscientização e a inserção social e democrática. Entre os diversos apoiadores  estão grupos de apoio à luta por moradia, universidades, jornalistas, artistas, arquitetos e arquitetas, profissionais da saúde, educadores e educadoras, coletivos de sustentabilidade e uma parcela ampla da população que frequenta e usufrui da programação cultural oferecida pelo Movimento. As ocupações são abertas à cidade, sendo a Ocupação Nove de Julho um modelo de organização e tendo se tornado, após muito trabalho, um centro cultural conhecido por toda a cidade.

 

Os outros anos:

A feira nasceu em 2013 com o objetivo de aproximar o consumidor final do produtor, sem intermediários, dentro da Enoteca Saint VinSaint – uma das pioneiras no ramo de vinhos naturais no país, desde 2008. Desde a primeira edição a feira cresceu exponencialmente: em 2019 recebeu 2.000 visitantes e mais de 120 expositores, com edição presencial realizada na Casa das Caldeiras, edifício industrial histórico paulista do século XIX. A edição de 2020 foi um gigantesco híbrido entre o mundo real e o mundo virtual, com mais de 300 apresentações, masterclasses e talks com os principais nomes relacionados ao vinho natural e ao pensamento sustentável mundiais. Tudo isso está disponível no nosso acervo de conteúdo.

A feira não tem fins lucrativos. Os produtores não pagam pela participação e a feira não fica com nenhuma porcentagem das vendas, revertendo toda a venda dos ingressos para bancar a própria estrutura. A idéia é permanecer independente e não depender de investimentos externos. O espaço é livre para que os produtores vendam, exponham, conheçam os consumidores e conheçam novos importadores. Na última edição presencial, em 2019,  mais de *30%* dos expositores que não tinham importadores no Brasil conseguiram parceiros comerciais e agora podem exportar os seus vinhos para o mercado brasileiro.  

Durante o evento, várias atividades ligadas à sustentabilidade ocorrem em paralelo. Na edição de 2019 foram recolhidos e reciclados 944 kg de vidro, 26 kg de plástico, 592 kg de papelão e 26 kg de resíduos orgânicos e embalagens biodegradáveis para alimentos. Isso gerou um impacto direto no meio ambiente: 73.142 litros de água e 1.311 kWh de energia elétrica foram economizados na cadeia produtiva, 12 eucaliptos foram preservados e 16 litros de petróleo não tiveram que ser extraídos. Toda a cozinha, feita pelo pessoal da própria Enoteca Saint VinSaint, foi feita à base de “xepa” de feiras orgânicas, e todas as embalagens foram pensadas para serem 100% compostáveis ou comestíveis.